sexta-feira, 29 de maio de 2009

290509 - Manifesto das artesãs em Crato

Artesãs encontram-se em dificuldades para construção de suas casas e pedem apoio

Em 19 de Dezembro de 2007 a Prefeitura municipal do Crato doou a Associação Comunitária de Artesãos-ACA, um terreno para construção de casas para artesãos. Depois de escriturado o terreno, a construtora alegou impróprio para a construção. Foi quando em 19 de Junho de 2008 o mesmo foi permutado por outro ao lado da Av.Dr. Fábio Pinheiro Esmeraldo, Muriti. Mas, em cumprimento da lei de doação do dia 19 de Dezembro de 2007, como consta no decreto, esse terreno voltará para a Prefeitura mesmo tendo sido escriturado. Pelo prazo, faltam sete meses para a construção das casas, apesar da luta da presidente Judy Mary e seus sócios desde o dia em que o terreno foi doado ainda não se iniciaram as obras.
As artesãs irão pagar: calçamento de quatro ruas, poço profundo já iniciado, projeto de energia e toda engenharia necessária. Essas residências irão ser construídas, garante a presidente, pois está acompanhando diretamente todas as etapas do projeto. Inclusive, pede aos órgãos municipais e estaduais para diminuírem as burocracias, os prazos de entrega dos documentos, para o andamento dos mesmos.

AS ARTESÃS GARANTEM QUE O TERRENO NÃO VOLTARÁ PARA A PREFEITURA DO CRATO.

Associação Comunitária de Artesãs
Crato-CE

COLABORAÇÃO: SANGIORGE RIBEIRO

Um comentário:

A.Morais disse...

Bem que a prefeitura poderia ajudar com essa infraestrutura.